18 de julho de 2018 Comentários (0) Artigos & Dicas, Commute

7 cuidados para pedalar de madrugada

Pedalar de madrugada é bom porque quase não há carros na rua. Não há poluição, não há barulho, o ar está mais fresco e dependendo do lugar você consegue até sentir cheiro de flores no ar. Se for perto da praia então, o barulho do mar em meio ao silêncio da madrugada é maravilhoso de se ouvir. Mas é importante tomar alguns cuidados, principalmente com os motoristas perigosos que circulam nesse horário.

1 – Atenção redobrada

Fique atento aos eventuais motoristas alcoolizados, principalmente os que estão saindo de alguma festa ou balada. Por isso, se você perceber um carro cantando pneu ou se aproximando em alta velocidade, redobre a atenção e fique atento, para poder agir defensivamente. Estar sem fones de ouvido torna-se importante nesse cenário, permitindo antecipar a aproximação de qualquer veículo motorizado.

 

2 – Evite as grandes avenidas

Nos horários em que não há fiscalização, muitos motoristas querem correr e as avenidas vazias se tornam atraentes a essa prática, algumas chegando até a parecer pistas de competição. Tente circular por ruas paralelas sempre que isso for possível.

 

3 – Não confie no sinal verde

Mesmo os sinais abertos podem ser perigosos de madrugada. Se você vai cruzar uma avenida grande, não confie só no sinal verde. Há motoristas que passam direto no vermelho sem nem diminuir a velocidade, por “achar” que não tem ninguém passando – roletando o semáforo, como se diz na gíria. Tome cuidado principalmente quando o sinal acaba de abrir. Olhos e ouvidos sempre atentos.

 

4 – Não facilite

Ladrão que está andando na rua de madrugada não saiu para roubar bicicleta, por isso ele muito provavelmente será pego de surpresa com a sua aproximação e não vai ter tempo (ou interesse) para pensar numa abordagem. Mesmo assim, fique atento com as raras pessoas na calçada, olhe nos olhos pra avaliar a intenção e, notando comportamento suspeito, se possível passe longe, mudando de lado da via com cuidado, se o tráfego permitir. Evite passar por trechos pouco iluminados e/ou com histórico de assaltos.

 

5 – Reduza para pegar o sinal aberto

É muito improvável que alguém tente roubar sua bicicleta no meio da madrugada (muito improvável mesmo), mas isso enquanto você estiver pedalando. Parar no sinal dará ao ladrão os segundos essenciais para pensar na abordagem e se aproximar de você. Por isso, diminua a velocidade bem antes do sinal, para chegar no cruzamento ou esquina com ele já aberto.

 

6 – Pare em locais movimentados

Se precisar descansar um pouco, trocar a câmara ou consertar alguma coisa na bicicleta, pare em um lugar iluminado e movimentado, como um posto de gasolina por exemplo. Leve sempre uma câmara reserva, para não ter que perder tempo remendando a que furou. Recomendamos o uso de uma fita antifuro, que evitará MUITO esse tipo de situação.

 

7 – Varie o trajeto e o horário

Se você sai tarde do trabalho, evite fazer sempre o mesmo caminho, no mesmo horário, pois alguém mal intencionado pode resolver te esperar em algum ponto que você passa sempre. Pedalar permite variar o caminho, aproveite!

 

Pedale de manhã bem cedo

Se você não usa a bicicleta para ir ao trabalho, mas pedala por lazer ou esporte, experimente acordar bem cedo. Se você mora perto do trabalho, saia mais cedo e pedale um pouco, vale muito a pena. mesmo que você não seja de acordar cedo!

Há várias vantagens de pedalar nesse horário: temperatura mais amena, menor trânsito na cidade, menor possibilidade de assalto, claridade do dia, estar descansado após uma boa noite de sono, bem alimentado com o café da manhã reforçado.

Se esforce um pouco e tente um dia acordar mais cedo, saindo para pedalar entre 5 e 7h. Você vai trabalhar com outro ânimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *