28 de fevereiro de 2014 Comentários (2) Artigos & Dicas

9 Dicas – Como pedalar a noite

A noite é o momento ideal para pedalar, depois de um dia corrido de trabalho e estudos, nada melhor do que sair pelas ruas da cidade quando o trânsito está mais calmo e a temperatura mais agradável.

Porém, as pedaladas noturnas exigem cuidados especiais, devido à falta de iluminação em alguns trechos do percurso, isso torna o ciclista menos visível, podendo causar alguns imprevistos e até mesmo acidentes.

1. Cuidados com a Sinalização

Nós, ciclistas, quando pedalamos à noite, precisamos ver o que nos rodeia, assim como sermos vistos. Para isso, é importante utilizar alguns equipamentos e roupas que facilitem esse contato.

Para a sinalização do ciclista, vai do simples colete reflexivo a roupas com iluminação integrada. Tudo vai depender de suas necessidades e de seu bolso!

Conduza a bike imaginando que você está invisível aos carros. Transite com atenção redobrada e em velocidade baixa, especialmente nos cruzamentos e em lugares com grande concentração de pedestres.

2. Faróis

Faróis com lâmpadas do tipo LED são recomendadas, mas a iluminação através de lâmpadas halógenas também é bastante satisfatória. Os faróis a dínamo, que são ligados diretamente no pneu traseiro, têm o inconveniente de “pesarem” na pedalada e a intensidade da luz depende diretamente da velocidade da bike, mas também podem ser utilizados sem problemas.

Atualmente os melhores sistemas de iluminação utilizam pilhas alcalinas ou baterias recarregáveis que alimentam lâmpadas halógenas, xenônicas ou os modernos LEDs, que são mais utilizados hoje em dia, por terem o preço acessível e iluminação eficiente.

Os faróis que consomem muita energia vão precisar de uma grande bateria. Por isso é interessante optar por um farol de boa iluminação que consuma pouco.

Faróis presos no capacete (os chamados headlamps) são uma boa opção, pois o ciclista pode guiar facilmente o foco de luz para onde desejar.

3. Faróis dianteiros e traseiros

São indispensáveis em pedaladas noturnas, pois ajudam a reconhecer o trajeto, observando eventuais obstáculos durante o percurso, como buracos, pedras, pedestres e até mesmo outros ciclistas.

4. Farol traseiro

Recomenda-se a utilização de luz intermitente (que pisque rápido), preferencialmente na cor vermelha, pois é mais segura que sinalizadores com luz contínua ou que piscam lentamente.

5. Adesivos reflexivos

Adesivos refletivos, colocados tanto na bike quanto no capacete, também podem ser úteis. Em caso de queda ou de desmaio, por exemplo, os adesivos tornam o ciclista mais visível no chão.

Podem ser aplicados nos stays (parte posterior do quadro) traseiros, pedais, garfo, capacete etc. ou até mesmo através de faixas refletivas presas nos braços e pernas por meio de velcro.

6. Vestuário

Procure sempre usar roupas claras e chamativas, se possível até com faixas reflexivas. Os bons capacetes disponíveis no mercado costumam vir com fitas reflexivas, ajudando a sinalização.

Uma outra dica é utilizar óculos com lentes âmbar (amarelas), antiofuscantes, que ajudam a inibir dificuldades com o reflexo da luz em sentido contrário.

Tênis ou calçados de sola que não escorregue no pedal. Mantenha os cadarços presos, evite que eles enrosquem no pé de vela e coroa. Evite solados de cravos altos que tiram a posição correta de apoio do pé no pedal. As Luvas devem ser feitas de tecido que respire, almofadadas e com couro na palma da mão.

7. Outros equipamentos importantes

A caramanhola / garrafa de água deve ter bico de diâmetro largo e facilidade de abrir e fechar. O ideal é utilizar uma garrafa térmica, que mantenha o líquido em uma temperatura agradável pelo maior tempo possível.

8. Bolsa de selim

É importante que tenha espaço para carregar, pelo menos, uma câmara sobressalente e três espátulas. Se der para colocar também uma mini bomba de ar, para eventualidades, melhor.

9. Bomba

Prefira as que possuem trava de válvula de câmara e podem ser usadas tanto em bico grosso ou fino e que sejam suficientes para colocar pelo menos, até 80 libras no pneu.

2 Respostas para 9 Dicas – Como pedalar a noite

  1. Robson disse:

    Muito boas as dicas.

    Uma boa ideia também é fazer o uso de coletes refletivos como este:
    http://www.riocitybike.com/loja/colete-refletivo-para-ciclista/

  2. Bortolin disse:

    Costumo pedalar de madrugada, e desenvolvi um App para usar o celular no bolso de trás da camisa que funciona como um sinalizador.
    Obs: por enquanto só roda em Android

    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.bortofurlanetto.BikeLight

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *