5 de setembro de 2013 Comentários (0) Fotos & Videos

A relação de ciclistas com a cidade

O Canal Futura/RJ disponibilizou em seu canal do Youtube o programa Sala de Notícias especial “Cicloativistas”, produzido por Renata Ferraz e dirigido por Eliza Capai, que mostra algumas pessoas e iniciativas diante da questão da (i)mobilidade urbana e o uso crescente da bicicleta como uma das soluções do transporte urbano.

Segundo o blog Na Bike – de responsabilidade da jornalista Sabrina Duran, uma das entrevistadas no documentário – o trabalho é premiado! Eliza e Renata venceram o 19º Prêmio Jornalismo CNT (Confederação Nacional do Transporte) na categoria Meio Ambiente. “O programa traz uma reflexão sobre o movimento de cicloativistas brasileiros e quais são as mudanças necessárias para nos deslocarmos melhor em nossas cidades”, diz a descrição do vídeo.

No doc, exemplos de três cidadãos que só queriam uma nova maneira de se deslocar com mais rapidez e eficiência, mas que conseguiram muito mais do que isso. Natália Garcia, Thiago Benicchio e Sabrina Duran fazem parte de uma onda pensante de discussão sobre o uso espaço público e engajamento cívico que luta por cidades mais humanas, justas e democráticas a todos os meios de transporte, inclusive (e principalmente) os pedestres. “Em vez de me proteger da cidade, passei a ocupá-la”, diz Natália Garcia, jornalista responsável pelo projeto Cidades para Pessoas que encontrou fora do carro uma forma de viver/entender os vários problemas de São Paulo e, principalmente, buscar soluções para eles.

“Não ver a cidade faz você não agir por ela”, afirmou Thiago Benicchio que é o atual diretor da Ciclocidade – Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo – instituição que tem feito um trabalho extremamente importante de mobilização, produção de conhecimento e aproximação da sociedade civil junto ao poder público.

Recentemente, durante os debates realizados pelo Festival Clímax na Câmara Municipal de SP, o vereador eleito Ricardo Young afirmou que “o cicloativismo não é apenas uma discussão sobre a cidade, mas a própria mudança proposta acontecendo, no dia a dia. Para mim, desde as Diretas Já, esta é a maior expressão de cidadania que já tivemos. Por isso é muito importante que, mesmo com críticas, a sociedade apóie o movimento e se junte à eles“.

Young fez ainda um paralelo entre a força que ciclistas têm desempenhado na sociedade em contrapartida ao fenômenos dos motoqueiros que “povoaram as cidades e estão muito mais próximos dos motoristas de carro ao procurar uma solução individual sem se preocupar com os problemas coletivos”.

Fonte: Vá de Bike

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *