26 de setembro de 2018 Comentários (0) Artigos & Dicas

CICLOCOMPUTADORES: QUAL ESCOLHER

Pedalar na era da informação significa que você pode ter, mais do que nunca, dados sobre sua pedalada. Enquanto o uso do smartphone para coletar dados está aumentando, o ciclocomputador ainda é útil para qualquer ciclista, especialmente se você gosta de ter mais exatidão nos dados de sua pedalada.

Para começar, pergunte a você mesmo:

  • Que informação você quer e como você vai usa-la?
  • O quanto você pretende investir?
  • Que outra função é importante?

QUE TIPO DE CICLISTA VOCÊ É?

A informação que você precisa geralmente depende do tipo de ciclista que você é:

Ciclistas casuais geralmente apenas querem saber da distância, velocidade e tempo: Qual a distância que pedalei? O quão rápido eu fui? Quanto tempo durou?

Ciclistas entusiastas, habituais e ciclistas de turismo geralmente gostam de mais opções como distância da corrida, odômetro total, velocidade média e velocidade máxima.

Ciclistas profissionais podem precisar acima de tudo da frequência cardíaca, elevação e potência.

TIPOS DE GADGETS

Você terá várias opções:

Ciclocomputador: Esse tipo específico de dispositivo que é instalado em sua bicicleta. O artigo é focado nesse tipo de dispositivo.

  • Prós: Compacto, a prova d’água, fica na bicicleta, menos provável de se danificar em um acidente.
  • Contras: Sem versatilidade para outros usos.

Fitness monitor: Um relógio GPS com um modo para ciclismo, ele pode ser preso ao guidão da bike com um adaptador.

  • Prós: Use apenas um dispositivo para mais de uma atividade, a prova d’água.
  • Contras: Geralmente menos compacto e é mais caro. Mais provavel que se danifique em algum acidente.

Smartphone: Use o GPS do seu smartphone com um aplicativo para ciclistas.

  • Prós: Largo, display de fácil leitura. Pode possuir a função de mapeamento e também captura de data.
  • Contras: Requer um suporte para smartphone. Geralmente não é a prova d’água sem um case auxiliar. Usar o GPS e manter a tela ligada consome muita bateria. Terrenos que variam muito podem aumentar o risco de danos em um acidente.

COMO UM CICLOCOMPUTADOR FUNCIONA?

Você terá muitas opções na forma em qual o ciclocomputador armazena dados:

TIPOS DE SENSORES

Magnético: Este consiste em um ímã anexado a um raio roda que gira perto de um sensor anexado a forquilha dianteira. Para um sensor de cadência, o ímã é anexado a um braço de manivela que está ligado a uma estadia dianteira.

  • Prós: Barato, bateria de alta duração. Não é necessário recarrega-lo regularmente.
  • Contras: Sem função GPS.

 GPS: Esse usa um receptor para converter sinais GPS para dados da pedalada.

  • Prós: Mais informações e podem ser transferidas para o computador. Por ser facilmente trocado de bicicletas.
  • Contras: Alto custo, mais pesado, necessidade de recarregar regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *