Skip to content Skip to footer

Avaliação – Site Bike Registrada

BD-Bike-Registrada

Bike Registrada, um projeto que visa promover o uso da bicicleta e a segurança do ciclista, você acessa o site, fornece seus dados e registra o número de série da sua bike, nele também é possível fazer uma consulta para saber sua procedência, o projeto tem os seguintes objetivos:

– Inibir o roubo de bicicletas;
– Dificultar a comercialização de bicicletas roubadas; e
– Auxiliar na recuperação de bicicletas roubadas.

O registro e consulta de bikes, você faz gratuitamente, recentemente o site criou um produto, um selo que custa R$29,99 você cola ele no quadro e “proteje sua bike de forma inteligente” o selo é metálico e de acordo com o site não é fácil de retirar.

OPINIÃO

Apenas o selo do Bike Registrada não vai inibir os roubos de bicicleta, sabemos disso na prática quando o assunto são os veículos automotores, se essa ideia funcionasse nenhum carro ou moto seriam roubados no país, afinal temos o Detran registrando e fiscalizando.

O site registra apenas o quadro, todos seus componentes são facilmente desmontados e vendidos separadamente, sabemos que esse é o maior problema no roubo de bicicletas, muitas vezes o quadro vale menos que o restante da bike.

O que existe no país é um mercado paralelo de peças roubadas, muitas pessoas compram sabendo que é roubado. #FATO.

FALHAS DE SEGURANÇA

O selo é uma maneira fácil do comprador identificar e contactar o “possível dono” da bicicleta, digo “possível dono” pois qualquer um pode registrar uma bicicleta pelo sistema, basta ter acesso ao número de série, dessa maneira o próprio ladrão/receptador pode fazer o registro.

O site deveria aumentar sua segurança, solicitando os dados da nota fiscal por exemplo, mas aplicar essa regra iria diminuir muito o número de usuários cadastrados no site, mais iria aumentar muito a segurança dos dados.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A maneira mais inteligente de proteger sua bicicleta é ficar atento aos locais que pedala, fazer o seguro do seu bem e guardando sua nota fiscal. O registro da bicicleta no site é simples e prático, além disso existe a opção de comprar um selo, registrando você complica um pouco a revenda da bike. Temos que apoiar qualquer projeto ligado as 2 rodas, considero uma ótima iniciativa, mas necessita melhorar em alguns pontos.

11

  • Alex
    Posted 6 de julho de 2015 at 18:19

    Não concordo! Acho que e esse projeto pode sim ajudar e muito a diminuir o cenário de bikes roubadas no Brasil. Já morei fora do Brasil e isso funciona muito bem lá fora, pois é uma mudança de cultura e as pessoas precisam usar em prol da população. Então respeito a sua opinião mas acho que estão enganados. Claro que com a nossa ajuda o projeto vai melhorar cada vez mais e em relação a NF, a maioria das pessoas não tem as suas notas. Valeu!

    Responder
    • Post Author
      admin
      Posted 6 de julho de 2015 at 19:28

      “Considero uma ótima iniciativa, mas necessita melhorar em alguns pontos.” Está escrito no texto.

      Alex, qual parte você não concorda? Em qual parte do texto exatamente estamos enganados?

      Responder
  • Roger Rodrigues
    Posted 6 de julho de 2015 at 19:21

    Apoio qualquer iniciativa que ajude a proteger meu pedal por isso também tenho minha bike registrada, entendo que não é um selo que impede o roubo de uma bike e sim a mudança de cultura dos ciclistas em saber a procedência da bicicleta e suas peças. Por isso acredito muito no projeto do Bike Registrada aonde posso saber o histórico da bicicleta e do seu dono. Gosto de pensar que se alguém fosse escolher entre roubar uma bicicleta registrada ou uma sem registro provavelmente a minha seria menos visada e isso se aplica a venda também, imagine entre comprar uma bike registrada e outra sem registro qual me daria mais segurança?

    Responder
    • Post Author
      admin
      Posted 6 de julho de 2015 at 19:44

      Roger, o que faz você pensar que a sua bike seria menos visada? Não se engane, o ladrão não vai deixar de roubar uma bicicleta apenas por ela ter o selo.

      O mercado de peças roubadas é infinitamente maior que o de bicicletas, é muito mais simples vender um câmbio traseiro e enviar para outros estados do que enviar uma bicicleta inteira concorda?

      Responder
  • Adilson
    Posted 21 de outubro de 2015 at 21:05

    Acho que o rapaz que escreve no bike dica não entendeu o serviço do bike registrada.

    Responder
    • Post Author
      admin
      Posted 22 de outubro de 2015 at 3:57

      O espaço está aberto para você explicar melhor como funciona Adilson. Pontuamos o que deveria melhorar no serviço, essa é nossa opinião, a sua ainda não sabemos.

      Responder
  • Alexandre Leonardo
    Posted 22 de fevereiro de 2017 at 18:00

    Imagine o contrário, se nenhum carro fosse registrado, o roubo seria muito maior. Pelo simples motivo de poder arrombar e entrar em qualquer carro na esquina, e ninguém poder provar que eu roubei. Não tem registro.

    Mais de 90% das bicicletas apreendidas pela polícia estão inteiras, com o número de série intacto e não desmontadas, como foi citado na opinião. Para comprovar essa questão, faça uma pesquisa simples no google e veja a realidade. (Bicicletas apreendidas)

    O fato do ladrão registar uma bicicleta que ele roubou, facicita o trabalho da polícia. É só o proprietário procurar a delegacia mais próxima, informa os dados do ladrão que registrou a bike. Deixe o resto do trabalho com a políca…

    Mesmo que o selo seja arrancado da bike ou que ela seja pintada de outra cor, a consulta continuará funcionando pelo número de série do quadro. Ou seja, a políca, as loja e o ciclista terão informações sobre o status da cicicleta, se está roubada ou não.

    Responder
    • Post Author
      admin
      Posted 23 de fevereiro de 2017 at 1:12

      Alexandre, obrigado pelo contato e principalmente por expressar sua opinião.

      “Imagine o contrário, se nenhum carro fosse registrado, o roubo seria muito maior…”
      O registro veicular existe para proteger o cidadão ou para arrecadar impostos? Os números de roubos de veículos só crescem, o simples registro junto ao DETRAN não inibe, é apenas um papel, no DF apenas em Janeiro ocorreu um roubo de veículo a cada 40 minutos. Ou seja…

      “Mais de 90% das bicicletas apreendidas pela polícia estão inteiras…”
      – Concordamos, em nenhum momento o texto diz o contrário. O registro contribui na localização da bike. Devemos separar o “facilitar a localização” de “Inibir roubos”, essa segunda abordagem é errada e gera confusão, inclusive entre os usuário do Bike Registrada, muitos perguntam se o serviço se trata de um GPS.

      “O fato do ladrão registar uma bicicleta que ele roubou, facilita o trabalho da polícia…”
      – É uma falha do site permitir que qualquer pessoa faça o registro do produto portando apenas o número de série da bicicleta. Se por acaso você publicar fotos do número de série da bike, qualquer pessoa pode acessar o site e registrar gerando no mínimo um desconforto.

      Veja bem, estamos sendo pontuais, o serviço é bom e relevante, mas como tudo, não é perfeito. Já recebemos email’s e comentários questionando nossa opinião, inclusive o próprio Bike Registrada ofereceu um selo para nós (Mas não enviaram). Não temos nada contra o serviço, muito pelo contrário, apenas não concordamos em alguns pontos.

      Obrigado Alexandre.

      Responder
  • andre
    Posted 15 de agosto de 2017 at 14:04

    acho que o bike registada de fato ajuda na questão do roubo de bikes, pode não impedir o roubo mais pode ajudar a dentificar o proprietário,e saber em caso de compra se a bike não é roubada,além do auxilio na possível recuperação,acho que deveria ser obrigatório o registro de uma nota fiscal pois o ladrão pode ate registar a bike que roubou mais não pode mostrar a nota fiscal,para ficar mais seguro deveria haver algo como um chip para localizar a bike em caso de furto

    Responder
    • Post Author
      admin
      Posted 20 de agosto de 2017 at 16:45

      Exato André, acredito que a solução ainda deve chegar a ser mais segura e eficaz.

      Responder
  • William
    Posted 22 de maio de 2019 at 11:50

    Acredito que todas as iniciativas são válidas pois não existe uma única solução. Infelizmente, assim como o registro da Bike, o seguro não inibe ou protege o proprietário contra o roubo da Bike. São medidas paliativas que não atacam a causa: apenas tratam os “sintomas”.

    A prevenção está na atitude do proprietário e, principalmente, numa ação melhor dos órgãos competentes: A Polícia e a Secretaria de Segurança Pública de cada Cidade ou Estado.

    Os comentários do site são pertinentes. Acredito que além dos cometários e críticas acima fica a garantia que a Iniciativa é SÉRIA e PODE AUXILIAR NO COMBATE A COMERCIALIZAÇÃO DE BIKES ROUBADAS, Correto?

    Responder

Deixe um comentário

0/5

SOBRE NÓS

Bike Dica é um site feito para nós ciclistas, nosso objetivo é compartilhar essas informações, incentivando o uso da bicicleta através do nosso conteúdo.

Para cada texto produzido há um trabalho de pesquisa e análise, para trazer uma informação segura e confiável ao leitor.

REDES SOCIAIS

CONTATO

Para mais informações, parcerias ou simplesmentes bater um papo entre em contato  clicando aqui.

© 2022 Bike Dica – www.bikedica.com.br